Suíno Vivo: Mercado tem dia estável e números positivos para as exportações

Publicado em 04/11/2014 16:30 38 exibições

Nesta terça-feira (04), os preços praticados para o suíno vivo ficaram estáveis nas principais praças do país. Ontem a referência em São Paulo se manteve igual ao da última semana, em R$ 102/@, o equivalente a R$ 5,44/kg. Apesar da pequena estabilidade, os valores são recordes para o país. Além de São Paulo, mais praças estão realizando negócios acima dos R$ 5 pelo quilo do suíno vivo, como Goiás e Minas Gerais, ambas em R$ 5,15/kg.

A razão para o momento de elevação para os preços praticados no país é a escassez na oferta de animais disponíveis para o abate, em que muitos suinocultores diminuíram a produção após a crise em 2012. O bom cenário também se deve ao beneficiamento que o embargo russo aos Estados Unidos, Canadá, Austrália e União Europeia trouxe ao mercado brasileiro.

Segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), os embarques chegaram a 43,6 mil toneladas, número 2,9% inferior ao ano passado, porém 39,6% superior em receita.  O presidente da ABPA, Francisco Turra, afirma que o crescimento se deve a uma demanda elevada, combinada com o preços mais altos.

Confira como ficaram os preços nas principais praças nesta terça-feira (04):

Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
Ver histórico Fechamento: 04/11/2014            
Santa Catarina 4,85 0,00
Paraná 4,78 0,00
Rio Grande do Sul 4,84 0,00
São Paulo 5,44 0,00
Mato Grosso 4,20 0,00
Goias 5,15 0,00
Minas Gerais 5,15 0,00
BRF/SC* 3,50 0,00
Aurora/SC* 3,60 0,00
Pamplona/SC* 3,50 0,00
Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário