Suíno Vivo: Mercado tem mais um dia de estabilidade, após valorizações registradas em outubro

Publicado em 05/11/2014 16:30 25 exibições

Nesta quarta-feira (05), as cotações praticadas para o suíno vivo tiveram mais um dia de estabilidade nas principais praças. O início de novembro tem se mostrado diferente às últimas semanas, em que outubro demonstrou uma intensa movimentação de alta, com valorização de 14,44% em Minas Gerais e Goiás e 10,79% em São Paulo, atingido cotação recorde de R$ 102/@, equivalente a R$ 5,44/kg. 

Segundo o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Losivânio de Lorenzi, os preços praticados no mercado interno refletem a situação do mercado, com uma demanda mais elevada e uma escassez na oferta de animais. Com isso, produtores têm se beneficiado com os valores praticados e procurando investimentos na qualidade da produção, e não em quantidade. 

A tendência é que haja um aumento na demanda, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em que a África do Sul abriu o mercado após cinco anos sem importar carne suína brasileira. Em outubro, o número de embarques teve um aumento de 20,6% na média diária em relação a setembro. 

Confira como ficaram os preços nas principais praças nesta quarta-feira (05):

Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
Ver histórico Fechamento: 05/11/2014            
Santa Catarina 4,85 0,00
Paraná 4,78 0,00
Rio Grande do Sul 4,84 0,00
São Paulo 5,44 0,00
Mato Grosso 4,20 0,00
Goias 5,15 0,00
Minas Gerais 5,15 0,00
BRF/SC* 3,50 0,00
Aurora/SC* 3,60 0,00
Pamplona/SC* 3,50 0,00

 

Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário