ABCS espera cenário “menos difícil” para carne suína com safrinha e entrada do inverno

Publicado em 27/05/2016 08:42
44 exibições

O cenário para o setor de carne suína do Brasil tende a melhorar nos próximos meses, com entrada da safrinha e do inverno, disse o diretor executivo da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Nilo de Sá.

“Espera-se um período menos difícil nos próximos meses, com resultado baixo ou ainda negativo, mas a tendência é de melhora”, disse Sá.

Ele já havia afirmado mais cedo, neste ano, que o aumento das exportações ainda não tinha sido suficiente para elevar as margens de lucro do setor, enquanto o consumo doméstico está reduzido.

A demanda por carne suína no Brasil, geralmente, aumenta todos os anos com a queda das temperaturas e a entrada do inverno. Além disso, a colheita da safrinha deverá elevar a disponibilidade de milho no país, reduzindo os preços do grão e os custos de nutrição dos animais.

“A entrada da safrinha deve reduzir o preço do milho entre 20% e 30%, mesmo com a quebra (na produtividade) observada no Centro-Oeste”, disse Sá. “Já o preço do suíno vivo vem crescendo nas últimas semanas, observando sazonalidade similar a 2015.”

Nilo de Sá está em Paris, na França, para participar da cerimônia da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) na qual será feita a entrega da certificação a 14 estados brasileiros mais o Distrito Federal como áreas livres de peste suína clássica.

Leia a notícia na íntegra no site CarneTec.

Fonte: CarneTec

Nenhum comentário