SC: Suinocultores e JBS de Itapiranga aprovam novo modelo de contrato de integração

Publicado em 10/08/2016 16:51
212 exibições
Presidente da ACCS afirma que relação entre produtores e agroindústrias mudará positivamente

A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) participou de mais uma importante conquista para o setor produtivo. Suinocultores do Extremo-Oeste e a JBS de Itapiranga aprovaram o novo modelo de contrato de integração, com todos os tópicos convergentes para a Lei 13.288, que garante direitos e deveres entre integrados e integradoras.

O contrato foi elaborado entre os suinocultores integrantes da Comissão Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadec) de Itapiranga, envolvendo representantes da JBS e mediação da ACCS. “Esse contrato trata da sustentabilidade do negócio, estima pelo equilíbrio entre as partes e está baseado nas premissas da nova Lei da Integração”, disse o gerente de agropecuária da JBS, Ivan Carlos Zechin.

Antes mesmo da formalização da Lei 13.288, sancionada no dia 16 de maio deste ano, a ACCS já intermediava com as agroindústrias e suinocultores a formalização de um novo modelo de contrato de integração com base no modelo que está em vigor. Conforme o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, a nova lei vai mudar favoravelmente a relação entre produtores e agroindústrias. “Antes faltava um amparo legal para que o produtor também tivesse direitos e não apenas deveres. Estamos trabalhando com as agroindústrias para que esse novo modelo de contrato de integração seja implantado nas unidades para melhorar o setor e dar garantia aos suinocultores”.

Para Renato Reichert, presidente da Associação Regional de São Miguel do Oeste e coordenador da Cadec de Itapiranga, a abertura com as agroindústrias é importante para garantir a sustentabilidade da suinocultura nas próximas décadas. “Hoje nós discutimos reivindicações com base em uma lei. O suinocultor precisa valorizar o trabalho da ACCS, da nossa Associação Regional e das associações municipais, pois estamos no caminho certo. Trabalhamos na defesa da cadeia produtiva como um todo”.

União do setor

A ACCS participa nesta semana de diversas reuniões nos núcleos municipais do Meio-Oeste e Extremo-Oeste do Estado para formar as Comissões para Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadecs). Uma das funções das Cadecs é averiguar a relação entre o custo de produção e a rentabilidade na atividade, pautada pela transparência entre empresa e empresários da atividade rural. Além do trabalho com a JBS, os novos modelos de contrato de integração serão desenvolvidos com as demais agroindústrias.

Fonte: ACCS

Nenhum comentário