ABPA confia na autorização para importação de milho dos EUA

Publicado em 01/09/2016 16:13
123 exibições

São Paulo, 01 de setembro de 2016 - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, demonstrou confiança na autorização pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) da importação de milho de variedades transgênicas não listadas entre as aprovadas pelo órgão.

O pedido apresentado pela ABPA, com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), foi aprovado ontem nas comissões técnicas da CTNBio, mas teve sua análise final prorrogada devido ao pedido de vistas apresentado hoje, na 195ª reunião plenária, por representantes do Ministério do Meio Ambiente.  A análise deverá ser concluída na próxima reunião da Comissão, no início de outubro.

O objetivo da associação é viabilizar a importação de milho dos Estados Unidos, que também realiza plantio de algumas variedades que hoje não estão dentre as aprovadas pela CTNBio.

Com a possibilidade de importação, a ABPA espera que o cenário de oferta de milho no Brasil se reequilibre.

“Desde janeiro, o Brasil vem enfrentando as consequências das fortes exportações de grãos, somadas aos impactos dos efeitos do El Niño, com escassez de chuvas e quebra de safras em diversas regiões.  Há ainda a ação de atravessadores, que tem segurado a venda dos insumos para pressionar e sustentar o preço do milho.  O resultado disto temos visto nas gôndolas, com inflação e fortes altas nos preços das carnes, em plena crise econômica nacional.  Apesar da boa vontade da área técnica da CTNBio em avaliar o pedido, a medida dos representantes do Ministério do Meio Ambiente retarda uma importante solução, deixando os consumidores à mercê de preços cada vez mais elevados, piorando a situação das empresas que provavelmente continuarão a reduzir gradativamente a produção, impactando na manutenção de empregos do setor e na oferta de alimentos para o país”, destaca Turra.

Fonte: ABPA

Nenhum comentário