Suíno vivo: Mercado fecha estável nesta 4ª feira, mas projeções são positivas para os próximos dias

Publicado em 16/11/2016 17:24
119 exibições

O mercado independente de suíno vivo encerrou estável nesta quarta-feira (16). A maior parte das praças definiu por manutenção nas cotações nesta semana [com exceção do Rio Grande do Sul], no entanto, apostam na recuperação dos preços nos próximos dias.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o mercado opera com oferta e demanda equilibrada, motivo que leva ao longo período de estabilidade. No mercado paulista a mesma condição de preço já dura oito semanas, operando entre R$ 77,00 a R$ 79,00/@ [equivalente a R$ 4,11 a R$ 4,21/Kg vivo], condições bolsa.

Já em Santa Catarina, apesar da estabilidade em R$ 3,90 o quilo do animal vivo, a ACCS (Associação Catarinense dos Criadores de Suínos) destacou que a expectativa é de que os produtores alcancem o valor de referência nesta semana, já que nos últimos dias as negociações ficaram R$ 0,20 abaixo do esperado.

Além da perspectiva positiva para os preços, a ligeira redução nos preços do milho, [principal insumo utilizado na alimentação dos animais], a relação de troca para o suinocultor melhorou.

"Atualmente, em Campinas-SP, o produtor compra 6,4 quilos de milho com um quilo de suíno, frente os 6,2 quilos adquiridos na semana passada, ou seja, melhora de 2,6%", ressalta a Scot. Porém, muito embora, o cenário tenha melhorado o suinocultor ainda compra 15,6% menos milho que em igual período do ano passado.

>> Confira a cotação completa do suíno.

Por:
Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário