ABCS espera recuperação de margens para setor de carne suína em 2017

Publicado em 21/12/2016 06:29 35 exibições

As margens de criadores e frigoríficos de carne suína devem melhorar em 2017, com redução dos custos de produção e início da recuperação da economia, disse o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, à CarneTec.

“Nossa expectativa é que melhore bastante. Teremos um primeiro semestre ainda um pouco difícil, mas mais fácil que o segundo semestre de 2016”, disse Lopes. “A perspectiva é que os custos e as margens voltem aos patamares normais.”

Mesmo após o custo do milho ter arrefecido neste fim de ano, algumas indústrias do setor ainda estão trabalhando com margens negativas, segundo Lopes.

Por outro lado, ele comemora o forte ritmo das exportações que colaboraram para reduzir a oferta interna de carne suína.

Até novembro, as exportações brasileiras de carne suína subiram 34%, para 682 mil toneladas, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que espera que os embarques fechem o ano em 720 mil toneladas.

Lopes também espera que o consumo de carne suína no mercado doméstico aumente, à medida que a economia do país se recuperar. “Nossa expectativa é que o consumo volte a crescer e esperamos, em três anos, chegar a 18 quilos per capita.”

O consumo per capita anual de carne suína caiu 4,9% em 2016 para 14,4 quilos, segundo a ABPA.

Leia a notícia na íntegra no site CarneTec.

Fonte:
CarneTec

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário