Cotações no mercado de suínos ficam estáveis ou com altas nesta quinta-feira (29)

Publicado em 29/10/2020 16:36 30 exibições

LOGO nalogo

A quinta-feira (29) foi de preços sustentados ou com altas para as cotações do mercdo de suínos. De acordo com análise do Cepea/Esalq, enquanto a oferta de animais para abate segue restrita – o que, consequentemente, limita a produção de carcaças e cortes –, as exportações da carne apresentam forte ritmo neste mês. Diante disso, os valores da maioria dos produtos suinícolas levantada pelo Cepea estão em patamares recordes reais das respectivas séries. 

Segundo a Scot Consultoria, em São Paulo o preço da arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 179,00/R$ 180,00, assim como o preço da carcaça especial, corada em R$ 13,40/R$ 13,80 o quilo. 

Conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (28), os preços do suíno vivo ficaram estáveis em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, cotados em R$ 9,48/kg e R$ 8,42/kg, respectivamente.

Houve aumento de 1,11% no preço do suíno vivo no Paraná, atingindo R$ 9,11/kg, avanço de 0,11% em Santa Catarina, chegando em R$ 9,01/kg, e de 0,10% em São Paulo, fechando em R$ 9,61/kg. 

Mesmo o mês de outubro estando no final, os preços do suíno no mercado independente continuam firmes, estáveis ou com aumento. As principais lideranças do setor atribuem o atual cenário às exportações aquecidas e com a movimentação dos frigoríficos preparando estoques para as festividades de final de ano. 

Leia Mais:

+ Preços no mercado independente de suínos sustentados e com altas, mesmo no final do mês

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário