Suspensa desde julho, unidade da BRF de Lajeado (RS) volta a poder exportar para a China

Publicado em 30/11/2020 14:34 114 exibições

Após ter tido as exportações suspensas pela China devido a contaminações por coronavíruls entre funcionários em julho deste ano, a unidade da BRF de Lajeado, no Rio Grande do Sul, voltou a ser autorizada a efetuar embarques de carne suína para o gigante asiático, conforme comunidado da Administração Geral das Alfândegas (GACC, na sigla em inglês) nesta segunda-feira (30).

A planta da BRF é uma entre cinco unidades frigoríficas brasileiras que tiveram suas exportações para a China suspensas após casos de Covid-19 entre funcionários. Seguem com as exportações embargadas pela China as processadoras de carne de frango JBS de Passo Fundo (RS), Minuano, em Lajeado (RS), e Aurora em Xaxim (SC). Uma quarta planta - esta de carne suína - segue com os embarques suspensos para a China, a JBS de Três Passos (RS).

Confira o comunicado oficial da companhia: 

"A unidade de produção de Suínos de Lajeado (RS) da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, obteve a reversão da suspensão para exportações para a China. Com cerca de 3 mil colaboradores, a planta deve retomar as exportações já nos próximos dias.

“Após inspeção das autoridades chinesas, foi possível comprovar o comprometimento que todos nós da BRF sempre tivemos com a saúde e a segurança dos nossos colaboradores e dos nossos produtos. Essa decisão nos propicia retomar as exportações para um mercado estratégico para a Companhia, com forte demanda por suínos”, comenta Bruno Ferla, VP Institucional, Jurídico e Compliance da BRF.

A unidade de Lajeado havia sido suspensa para exportar para a China em julho. Atualmente, a BRF possui 14 habilitações para exportar para a China, sendo 10 de aves, 3 de suínos e 1 de miúdos de suínos".

 

 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário