Exportadores de aves, suínos e ovos projetam US$ 490,2 milhões em negócios após a Anuga 2021

Publicado em 18/10/2021 10:03 92 exibições

Terminou bem-sucedida a primeira grande ação realizada pela parceria da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) no mercado europeu desde o início da pandemia, durante a Anuga, maior feira de alimentos do Mundo. 

Realizada entre os dias 09 e 13 de outubro, em Colônia (Alemanha), a feira atraiu importadores e potenciais clientes de todo o mundo.  E no espaço exclusivo das agroindústrias de aves, suínos e ovos do Brasil - viabilizada pela parceria ABPA & Apex-Brasil - foram gerados US$ 34,8 milhões em negócios durante os cinco dias de evento.

E as expectativas são ainda mais otimistas para os próximos 12 meses.  De acordo com os exportadores participantes no evento - entre eles, a Bello Alimentos, Ecofrigo, Copacol, Lar, Vibra, Pif Paf, Seara, Somave e Jaguafrangos - as projeções de negócios gerados a partir do evento alcançam US$ 490,2 milhões, a partir dos cerca de 840 contatos realizados durante o evento.

Para organizar a ação, a ABPA contou com uma área exclusiva de mais de 270 metros quadrados no centro de exposições da Koelnmesse (que sedia a feira Anuga), que abrigou espaços para reuniões e uma grande área gastronômica, que foi comandada pelo Chef Marcelo Bortolon. Pratos tradicionais, como frango com polenta, foram servidos aos importadores e potenciais clientes.

Reforçando a estratégia de ações das marcas internacionais da avicultura e da suinocultura do Brasil – Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Duck e Brazilian Pork – foram distribuídos materiais promocionais com informações sobre a cadeia produtiva do Brasil, como folders impressos e digitais (distribuídos por QRCode).

“Como nossa primeira ação desde a pandemia no mercado europeu, superamos todas as expectativas que tínhamos para o primeiro grande evento.  Além das expectativas positivas de negócios, foi um marco importante institucional, com forte presença política em nosso espaço, além do restabelecimento presencial das relações com stakeholders, importadores e outros elos do mercado que gerou para nós, só nos nove primeiros meses deste ano, US$ 310 milhões em exportações”, ressalta Ricardo Santin, presidente da ABPA, que liderou a ação na Alemanha.

Fonte:
ABPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário