Desempenho do ovo, na granja, na 1ª semana de 2022

Publicado em 10/01/2022 09:47 46 exibições

No decorrer da semana passada (1ª semana de 2022, 02 a 08 de janeiro) o mercado de ovos esteve fragilizado por excedentes de mercadoria em todos os elos da cadeia de negociação impondo aos produtores de ovos duas baixas nos preços de comercialização.

A primeira queda aconteceu logo no primeiro dia de negócios do ano, enquanto a segunda veio dois dias depois. Com isso, o preço que encerrou a semana apresentou retrocesso de 7,7% em relação ao valor diário de encerramento do ano passado.

O significado das quedas foi um preço médio semanal de R$73,00, equivalendo a retração de 11,2% em relação à última semana de 2021, enquanto ainda mostrou aumento de 2,8% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O preço médio acumulado no mês apresenta, por ora, redução de quase 20,2% em comparação com o recebido no decorrer de dezembro último e de 9,5% em comparação a janeiro de 2021.

A semana atual (2ª semana de 2022, 09 a 15 de janeiro) traz a expectativa de maior movimentação de mercadoria pela recuperação financeira do consumidor. De toda forma, será necessário equilibrar oferta e demanda de ovos para os produtores conseguirem melhorar as péssimas condições de comercialização.

No ano passado o período foi marcado pelos menores valores recebidos no decorrer do ano. Entretanto, também foi o momento em que os preços iniciaram forte processo de recuperação.

Fonte:
Ovosite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário