Vendas externas de frango devem crescer pouco mais de 4% ao ano até 2020

Publicado em 19/03/2010 12:52 576 exibições
Numa visão que se poderia chamar de “pessimista”, as exportações brasileiras de carne de frango não passarão, dentro de 10 anos, dos quatro milhões de toneladas, 10% a mais do que se exportou em 2009. Já numa visão sem dúvida “otimista” mas plausível, os negócios do Brasil com a carne de frango no mercado internacional podem mais do que dobrar e ultrapassar a casa dos oito milhões de toneladas/ano.
Essas projeções (a partir de métodos estatísticos científicos) são da Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Ministério da Agricultura que, naturalmente, prefere ficar com o meio termo. Assim, antevendo que em 2010 a indústria avícola brasileira exporte ao redor de quatro milhões de toneladas de carne de frango, prevê para os próximos 10 anos uma expansão média anual da ordem de 4,3%, o que significaria chegar a 2020 exportando mais de seis milhões de toneladas de carne de frango, 65% a mais que em 2009.
Mas a AGE também prevê que essa expansão não será linear. Assim, após crescer 10% em 2010 (o que parece plenamente viável, apesar do fraco desempenho no princípio do ano), o incremento das exportações em 2011 pode ficar em pouco mais de 8% e tornar-se negativo em 2012.

20100319_grafico.gif
Tags:
Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário