Preços do frango sobem na esteira da alta do boi

Publicado em 06/09/2010 08:37
371 exibições
Na esteira da alta do boi gordo e da carne bovina, o frango também registra valorização expressiva e deve seguir firme no curto prazo. Desde o começo de agosto - quando a cotação da arroba do boi iniciou a disparada - até a última sexta-feira, o frango vivo subiu 12,5%, para R$ 1,80 o quilo em São Paulo, segundo acompanhamento da Jox Assessoria Agropecuária. No mesmo período, a arroba do boi saiu de R$ 84,50 para R$ 91,50 a prazo no interior de São Paulo, um aumento de 8,3%.

"O boi subiu demais e o frango ficou competitivo", afirma Oto Xavier, da Jox. Tradicionalmente, em momentos de alta da carne bovina, o frango se valoriza por ser uma proteína substituta, principalmente dos cortes de dianteiro.

Xavier acrescenta que a disponibilidade de frango é um pouco menor, o que também sustenta a alta.

Entre o começo de agosto e a última sexta-feira, o dianteiro bovino saiu de R$ 4,60 o quilo para R$ 4,80 no atacado de São Paulo, segundo a Scot. "Quando a carne bovina sobe muito, [o consumidor] acaba migrando para o frango", diz Gabriela Tonini, da Scot.

No período de uma semana, o frango vivo saiu de R$ 1,65 para R$ 1,80 e o abatido, no médio atacado, de R$ 2,33 para R$ 2,75 o quilo, segundo a Jox. Desde o começo de agosto, a alta do abatido foi de R$ 0,40. Xavier acredita que o preço do frango "vai estacionar em algum momento".
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário