Leite ao produtor: terceiro mês de queda em seis estados

Publicado em 08/09/2010 13:36 e atualizado em 08/09/2010 16:16
324 exibições

De acordo com levantamento da Scot Consultoria, o produtor recebeu, em média, R$0,71/litro no pagamento de agosto, que remunera o leite entregue em julho. O valor é referente à média ponderada de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás e São Paulo.

A queda desde o pagamento de maio é de 8,3% ou aproximadamente R$0,06 por litro.

Em São Paulo e Minas Gerais, considerando os valores nominais, o produtor está recebendo, em média, 9,5% e 6,8% menos, respectivamente, na comparação com o mesmo período de 2009, quando foram registrados os picos de preços naquele ano.

O mercado é baixista, mas alguns fatores podem dar sustentação às cotações em curto e médio prazos.

Primeiro, e talvez o mais importante, está relacionado ao CLIMA. Em algumas regiões não chove há meses, fato que deve refletir na oferta de leite para a indústria.

Segundo, depois de três meses de queda no atacado e varejo, os preços dos lácteos ficaram estáveis em agosto.

Por fim, no mercado spot (leite comercializado entre as indústrias) a oferta está menor.

Considerando a média ponderada de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, os negócios ocorreram em R$0,72/litro em agosto. Os maiores e os menores preços não sofreram alterações.

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário