À espera de novo painel do frango

Publicado em 20/09/2010 12:01
190 exibições
A diplomacia brasileira avisa que não é iminente a abertura na Organização Mundial de Comércio (OMC) de denúncia contra regras impostas pela União Europeia na importação de carne de frango do país.

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) deu o sinal verde para abrir o contencioso na OMC, mas técnicos dizem que falta completar juridicamente os argumentos até que o caso chegue a Genebra.

A reclamação da União Brasileira de Avicultura (Ubabef) é contra a alteração, em maio, do conceito de carne fresca ("fresh meat") adotada pela UE. Pelas novas regras, interpretadas pela entidade brasileira como protecionistas, toda a carne de frango exportada congelada para a Europa só pode ser comercializada no bloco nessa mesma condição.

Conforme a Ubabef, das 500 mil toneladas de carne de frango exportadas em média pelo Brasil por ano para a Europa (todas congeladas), 200 mil são reprocessadas e recongeladas pelas indústrias locais de produtos pré-prontos para consumo.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário