Suínos: Vivo valoriza, mas milho e farelo sobem ainda mais

Publicado em 19/11/2010 10:41 396 exibições
As recentes altas nos preços do suíno vivo na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea não permitiram a melhora no poder de compra de produtores catarinenses, paulistas e paranaenses frente aos principais insumos utilizados na suinocultura (milho e farelo de soja). De modo geral, a relação piorou para o produtor na primeira quinzena de novembro por conta da valorização acentuada desses insumos. Mesmo com a redução, o poder de compra ainda está em bons patamares para o suinocultor, que encontra na valorização do animal em novembro um alento para o encarecimento da alimentação do rebanho.
Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário