Cota russa de importações de frango será 50% menor

Publicado em 25/11/2010 07:14 178 exibições
A Rússia anunciou que reduzirá em 50% a cota de importação de frango, para 350 mil toneladas, no próximo ano. A decisão foi divulgada na terça-feira pelo vice primeiro-ministro Victor Zubkov. Em dezembro de 2009, Moscou havia informado que a cota cairia para 600 mil toneladas em 2011 e 550 mil em 2012.

O novo volume está em linha com as expectativas da indústria, e maior parte da cota irá para para os Estados Unidos, segundo Dmitry Rylko, diretor do Instituto para Estudos de Mercados Agrícolas em Moscou.

Os EUA tinham direito a 600 mil toneladas da cota atual de 700 mil , mas este ano as importações do país caíram porque a Rússia proibiu as compras de frango higienizado com cloro. O Brasil está hoje no grupo "outros" dentro do sistema de cotas russo, com 100 mil toneladas de frango em 2010. Por meio de sua assessoria, a União Brasileira de Avicultura (Ubabef) disse que o impacto deve ser pequeno.

A Rússia introduziu o sistema de cotas em 2003 para estimular a produção doméstica. A cota de importação de carne suína ficará inalterada em 472 mil toneladas no próximo ano e cairá para 425 mil em 2012, disse Zubkov, segundo a Interfax, citada pela Bloomberg. A cota para carne bovina congelada também ficará estável em 530 mil toneladas em 201 e para a carne resfriada, em 30 mil toneladas.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário