Pintos de corte registram novo recorde nominal, mas não real

Publicado em 25/11/2010 07:52 185 exibições
Mais uma vez – e como é comum no setor – os números anteriores ficaram para trás. Em agosto passado, de acordo com a APINCO, foram produzidos no Brasil 514,822 milhões de pintos de corte, volume 6,6% e 0,4% por cento superior aos registrados em, respectivamente, agosto de 2009 e julho de 2010.

Esse volume corresponde a novo recorde do setor. Porém, é um recorde apenas nominal, porquanto em termos reais (isto é, considerada a produção diária do setor) o maior volume dos primeiros oito meses do ano continua sendo o de junho passado, quando a produção média diária ficou em cerca de 16,7 milhões de cabeças.

A diferença, neste caso, não chega a ser significativa (em agosto, 16,6 milhões de cabeças/dia, meio por cento a menos que em junho). No entanto – e considerando o fato de que os maiores volumes de cada exercício têm, invariavelmente, sido registrados no segundo semestre – a manutenção até agora do recorde de junho (1º semestre) parece ser ocorrência inédita.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário