Suínos: Com oferta superior à demanda, vivo e carne não valorizam

Publicado em 13/05/2011 10:01 250 exibições
 Mesmo depois do Dia das Mães, período em que geralmente a demanda pela carne suína se aquece, os preços do produto não reagiram. Segundo colaboradores do Cepea, a demanda pela carne não teve o aumento esperado e os preços seguiram em queda em todas as regiões. Quanto ao animal vivo, a procura também tem sido inferior à oferta no mercado doméstico, o que pressiona os valores. Vale lembrar que o movimento de queda nas cotações tanto da carne quanto do animal vivo tem sido observado desde o início de abril, segundo dados do Cepea. No estado de São Paulo, especificamente, agentes relataram entrada de animal vivo e também de carne de outros estados no mercado, deixando a oferta bastante superior à demanda.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário