Frango vivo: em Minas, primeira alta em quase três meses

Publicado em 07/06/2011 11:06 242 exibições
Ontem, em Minas Gerais, o frango vivo obteve reajuste de dez centavos e foi comercializado por R$1,60/kg, alta de 6,6% em relação ao preço que vinha vigorando desde 20 de maio, R$1,50/kg.
Essa foi a primeira alta registrada pelo produto em quase três meses. A última delas ocorreu em 16 de março passado, ocasião em que o produto – já em retrocesso comparativamente às cotações recordes registradas duas semanas antes ( R$2,25/kg) – deu momentâneo sinal de alento, passando de R$2,00/kg para R$2,10/kg.

Mas o processo foi extremamente passageiro, durou não mais do que sete dias. A partir daí e nas últimas onze semanas o frango vivo comercializado em Minas Gerais só perdeu preço, acumulando nesse período uma redução de 28,5%. Ou de 33,3% se considerada a cotação recorde que vigorou em fevereiro.

Exceto pelo fato de superar em cinco centavos o valor vigente no interior paulista (onde o frango vivo permaneceu estável em R$1,55/kg), o ajuste ocorrido em Minas Gerais não tem, por ora, o menor significado, porquanto a produção permanece onerosa. Mas já sinaliza que o atual “pico de oferta” começa a ficar para trás.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário