Suíno em vias de retomar preço do início de 2011; frango continua longe

Publicado em 20/07/2011 14:13 258 exibições
Graças a uma valorização de mais de 40% concentrada nos primeiros 19 dias de julho corrente, a remuneração obtida em São Paulo pelo produtor de suínos quase retornou ao mesmo valor de abertura de 2011 e registra, no momento, a melhor evolução de preços do corrente exercício.

O boi vem logo a seguir, com alguma valorização nos últimos dias, mas sem ter ainda recuperado o preço registrado no início de 2011. Porém, quem continua em pior situação é mesmo o frango, cuja cotação atual equivale a apenas 83% do valor inicial do presente exercício e, assim, registra uma desvalorização, no ano, de cerca de 17%, contra apenas 7% do boi. O suíno, naturalmente, está com desvalorização praticamente zerada (-1,71%).

Há, no entanto, novas perspectivas para o frango, comprovadas pelo simples fato de o segundo reajuste de julho ter ocorrido no início da segunda quinzena do mês, período pouco propício às altas. Efetivamente, o mercado segue firme e com ofertas ajustadas, o que deve propiciar, ainda nesta semana, um terceiro ajuste de preços.

Mas o frango ainda está longe de retomar os valores alcançados nos primeiros dias deste ano. Pois, levando em conta que os ajustes obtidos pelo produto estão, quase invariavelmente, fixados em cinco centavos, são necessárias sete altas de cinco centavos cada para um retorno aos valores iniciais de 2011. E isso exige que o atual equilíbrio entre oferta e procura não seja rompido.

Detalhe: a melhor evolução de preços do suíno se resume a este exercício, pois, em relação ao mesmo período de 2010 (1 a 19 de julho, 200 primeiros dias do ano), seu preço médio permanece quase 3% inferior. Já o frango vivo registra, nesse mesmo período, valorização de 22,6%, enquanto a do bovino está em 28,5%.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário