Implementação de bacia leiteira é discutido em Santa Cruz

Publicado em 10/08/2011 10:51 164 exibições
O mercado leiteiro é uma das cadeias produtivas que mais emprega hoje no Brasil, com 1,35 milhões de produtores de leite  no País. Já no Rio Grande do Sul, o leite é produzido em 120 mil propriedades rurais. Cerca de 75% da produção se concentra no norte, que contempla mais de 1 milhão de cabeças de gado leiteiro. Com o objetivo de gerar mais renda e emprego, Santa Cruz do Sul e o Vale do Rio Pardo estão mobilizados para fazer parte dessa realidade.

Promovida pela Prefeitura, através das secretarias municipais de Agricultura e de Desenvolvimento Econômico, aconteceu, na tarde dessa terça-feira, 9, na sala da Erva-Mate da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), uma reunião extraordinária com secretários municipais de Agricultura do Vale do Rio Pardo. O intuito do encontro foi discutir a implementação de uma bacia leiteira e edificação de um resfriador em Santa Cruz do Sul, além do início das negociações da Mu-Mu na compra de leite nos municípios da região.

No encontro, ficou decidido que a Secretaria de Agricultura de cada município vai realizar um estudo sobre o tema leite: número de produtores, volume da produção, interessados em implementar a produção de leite em suas propriedades rurais, quantas pessoas vivem em cada propriedade, número do rebanho leiteiro de cada município e qual é o corpo técnico disponível nas cidades para trabalhar na atividade. O prazo para a conclusão deste levantamento vai até o dia 30 de agosto.

Com o estudo em mãos, a Mu-Mu fará a compilação dos dados em um prazo estimado de cinco dias, quando será determinada a amplitude do projeto com volume de litros ao dia e otimizada e estrutura física necessária. Após este prazo, a Mu-Mu apresentará, em reunião do grupo de trabalho, a data de início das negociações com os produtores rurais de Santa Cruz do Sul e região.

Tags:
Fonte:
Prefeitura de Santa Cruz do Sul

0 comentário