Ovo também perde preço e enfrenta segunda queda da semana

Publicado em 26/08/2011 11:04 269 exibições
Em agosto de 2011 o ovo continua repetindo agosto de 2010. Mas só no que houve de ruim naquele mês. Ontem, por exemplo, o produto registrou a quarta queda de preços deste mês, exatamente como ocorreu há um ano. Porém, como já foi dito anteriormente, os recuos atuais vêm sendo mais drásticos.

No ano passado, dia 25 de agosto, o preço recebido pelo ovo, embora em queda, ainda se igualava ao registrado no primeiro dia do mês. Em agosto de 2011, nesse mesmo espaço de tempo, o ovo registra recuo de 8,5% sobre o preço inicial do mês.

O valor médio alcançado ontem, quinta-feira, significou ganho de cerca de 20% sobre o preço praticado há um ano, na mesma data. Mas isso, claro, não cobre nem de longe o aumento dos custos de produção. Só o milho, é bom lembrar, registra aumento da ordem de 50% nesse espaço de tempo.

Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário