Ovos férteis: exportação continua estável, mas negativa em relação a 2010

Publicado em 20/09/2011 11:11 263 exibições
Estáveis há quase um ano (desde novembro de 2010 o volume embarcado mensalmente variou de um mínimo de 12,6 milhões de unidades e um máximo de 14,7 milhões de unidades, as exportações brasileiras de ovos férteis destinados à produção de pintos de corte continuam totalmente negativas. E isto significa em relação ao mês anterior, ao mesmo mês do ano anterior, nos oito primeiros meses do ano e nos últimos doze meses.

Em agosto foram exportadas 14,165 milhões de unidades do produto, volume que representou quedas de 1% sobre o mês anterior e de 30,1% sobre o mesmo mês do ano passado. Já o volume acumulado no ano, somando 110,5 milhões de unidades, recuou quase 19% em comparação ao que havia sido registrado entre janeiro e agosto do ano passado.

Anualizado (setembro de 2010 a agosto de 2011), o volume exportado é 10,3% menor e se encontra em 178,2 milhões de unidades.

Os dados são da APINCO e foram levantados junto às empresas afiliadas da entidade.

Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário