Equador aplica medidas para reativar a produção nacional de cacau

Publicado em 25/10/2013 14:54 404 exibições

O Equador irá podar 19,2 milhões de pés de cacau para reativar a produção nacional. A aplicação desta técnica agropecuária é um serviço gratuito, que o Ministério de Agricultura (Magap) realiza para os pequenos produtores, com o propósito de reabilitar pés envelhecidos de cacau, através de podas especializadas.

O projeto se aplicará em 48 mil hectares das doze províncias produtoras de cacau do país, localizadas nas partes da Costa, Serra e Amazônia. Entre elas, está a província de Zamora Chinchipe, que começou a poda de árvores em abril deste ano.

Ali, seis grupos de brigadistas foram implantados para assessorar 500 produtores. Rolando Chamba, que trabalhou na poda, disse que o projeto ampliará o mercado de exportação de cacau, que atualmente é responsável por abastecer a Bélgica e a França.

Até o momento, 300 hectares foram podados na província. Segundo Geovanny Herrera, técnico do Magap, o trabalho será concluído até abril de 2014, com 500 hectares de plantações velhas podados.

"Com essa iniciativa, o nível de vida dos habitantes irá melhorar e a produção será duplicada", disse Herrera. Atualmente, o cacau ocupa 967 hectares da área agrícola de Zamora Chinchipe, sendo assim a maior fonte econômica depois do café.

O projeto já podou, no geral, 7,6 milhões de pés em 16.537 hectares até o último mês de setembro, de acordo com o Consórcio de Solidariedade Cacaueira.

Com informações do America Economia

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário