Atraso no plantio do arroz pode impactar na produção do Rio Grande do Sul

Publicado em 25/11/2013 16:03 476 exibições

Segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS-Ascar), o plantio do arroz atingiu 83% do total previsto para a safra 2013/2014 na quinta-feira (21/11).

Em relação à safra passada, há um atraso de 15 pontos percentuais (p.p.), o que pode prejudicar a produção das lavouras que forem semeadas mais tardiamente, como ocorreu no ano passado.

Parte das lavouras só pôde ser plantada após a época recomendada, na janela de plantio.

A continuidade destas chuvas acabou atrapalhando também a aplicação de agroquímicos, que acabaram tendo que ser reaplicados em alguns casos e consequentemente aumentando os custos para o produtor. Isto já tem ocorrido em lavouras que já tiveram o plantio finalizado este ano.

Felizmente o impacto do atraso na safra 2012/2013 foi pequeno, e a produtividade foi 0,8% superior em relação à safra 2011/2012, que foi mais prejudicada pela seca. Mas 2,3% menor que a safra 2011/2012.

Este ano, no geral, salvo algumas exceções, o atraso no plantio está maior. Ainda é cedo para predições do impacto na produção 2013/2014, até porque ainda há muito tempo para que o clima melhore e colabore com o desenvolvimento da cultura daqui para frente.

Por isto, devemos seguir acompanhando o andamento do plantio e as fases seguintes das lavouras de arroz no estado.

Tags:
Fonte:
Lance Agronegócios

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário