FAO informa: Escassez de recursos e pressão ambiental ameaçam produção de arroz na Ásia

Publicado em 03/12/2013 16:58 534 exibições

O futuro do arroz está ameaçado na Ásia, informou esta semana a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) durante a abertura de uma sessão de dois dias de consultas com seu Grupo Externo Consultivo de Arroz (ERAG), que está aconselhando a FAO na formulação de uma estratégia para o arroz na Ásia e no Pacifico. 

O arroz é o alimento mais importante da região da Ásia-Pacífico e 90% de todo o arroz mundial é produzido naquela área. Sua produção domina o cenário agrícola e é uma importante base da economia, meio ambiente, cultura e estilo de vida de centenas de milhões de produtores.

A economia do arroz está sofrendo com a escassez de recursos, principalmente de água e terra arável. O cultivo do arroz também está sendo acusado de contribuir com as emissões de gás de efeito estufa e de degradar recursos naturais. O consumo de arroz por pessoa também está caindo, já que com o aumento de renda da população, aumenta a demanda por carne.        

Hiroyuki Konuma, assistente geral e representante regional da FAO para a Ásia e Pacífico, informou que a participação da Ásia no nas exportações representa aproximadamente 80% do comércio mercado global. Ele afirma que “o arroz é a commodity mais importante para a economia, segurança alimentar e vida das pessoas da Ásia”. 

Konuma acrescenta que “o consumo de arroz na África está crescendo. O cereal é hoje o alimento básico em mais de 10 países na África”, portanto, tem um importante papel não só na segurança alimentar da Ásia, mas do mundo. 

Informações: FAO

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário