2017 deverá ser um ano de equilíbrio para os cultivos de inverno no Uruguai

Publicado em 02/01/2017 08:59
57 exibições

2016 foi um ano de plantios muito similares de trigo e de cevada no Uruguai, o que é inédito no país. Nos últimos anos, os preços baixos e as dificuldades comerciais haviam repercutido na área, mas para 2017, se espera uma situação de equilíbrio para os cultivos de inverno, de acordo com Roberto Verdera, gerente técnico da Calmer.

A colheita de trigo é boa em rendimento. Espera-se também, segundo Verdera, que ela seja boa em questão de qualidade. Para o próximo ano-safra, a área do cereal deverá ficar em 200.000 hectares.

A cevada, por sua vez, está tendo um impulso associado, principalmente, por conta da demanda das maltarias, com aumento na capacidade instalada industrial, basicamente para a produção dirigida ao Brasil.

Para o gerente técnico, a área de cevada deverá permanecer inalterada em 2017. Ele avista sinais de complexidade no cenário político brasileiro que impedem um crescimento de demanda.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Todoelcampo.com.uy

0 comentário