Coronavírus não está afetando exportação de grãos para a China, diz Ucrânia

Publicado em 05/02/2020 14:28
72 exibições

LOGO REUTERS

 Autoridades e traders da Ucrânia não esperam que a epidemia de coronavírus tenha impacto sobre as exportações de grãos do país para a China, embora haja atrasos para transporte e interrupções de serviços logísticos na nação asiática.

A China é uma importante compradora de milho e óleo de girassol da Ucrânia.

"Não vejo razão para se preocupar", disse o presidente da Associação Ucraniana de Grãos, Mykola Gorbachev.

"A China está no mercado, a demanda não desapareceu, mas neste momento os preços norte-americanos estão bastante competitivos em relação aos nossos, então a demanda chinesa será dividida entre nós e eles", afirmou um operador ucraniano.

"Há dificuldades dentro da China com logística, com a entrega às regiões, aos consumidores, mas em geral a demanda não desapareceu", acrescentou.

A Ucrânia exportou ao menos 208 mil toneladas de milho para a China na semana de 25 a 31 de janeiro, segundo dados da consultoria APK-Inform.

O Ministério de Desenvolvimento da Economia, Comércio e Agricultura da Ucrânia havia dito no mês passado não esperar qualquer impacto significativo do surto do vírus sobre o comércio do país com a China.

A China ocupa a quarta colocação no ranking de maiores importadores de grãos ucranianos, com uma fatia de mercado de 6,1%, de acordo com a APK-Inform. Já a parcela chinesa nas exportações de óleo de girassol do país europeu é de 7,5%.

Tags:
Fonte:
Reuters

0 comentário