Trigo: Está sobrando trigo de má qualidade no Mercosul, por isso os preços estão baixos

Publicado em 20/07/2010 10:25 e atualizado em 20/07/2010 11:45 222 exibições
Esta foi a explicação dada nesta segunda-feira por um experimentado representante que vende farinhas há 25 anos. Efetivamente, sabe-se que há mais ou menos 1 milhão de toneladas de trigo ainda não comercializadas das últimas duas safras, no Brasil, mais 500 mil toneladas no Uruguai e mais 300 mil toneladas no Paraguai, totalizando ao todo 1,8 milhão de toneladas de trigo disponível, mas de qualidade imprópria (com ph entre 76 e 77) para industrialização (que exige pelo menos ph 78). Então, sabe-se, que este trigo não tem qualidade de panificação, mas este argumento é usado equivocadamente para manter os preços do trigo e das farinhas em baixa. A única razão desta alegação pode estar na produção da farinha comum, que seria fruto efetivo da moagem de trigo de baixa qualidade que, realmente estaria sobrando no mercado e que produziriam apenas farinhas comuns com cinzas entre 0,8% a de 1% de cinzas, próprias apenas para a produção de biscoitos recheados que, no momento, estão com baixa demanda. Todo este encadeamento de oferta & demanda explicaria os baixos preços e pouco volume de negócios, tanto de trigo em grão (praticamente parado) quanto de farinhas (em torno de 20% no volume e 8% no preço) dos últimos 15 dias.

Confira a análise completa: trigoefarinhas2007.pdf

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário