Costa do Marfim pode aumentar exportações de cacau e pressiona preços em NY na sexta-feira

Publicado em 07/02/2011 06:33 290 exibições
O dólar fortalecido e sinais de aumento das exportação de cacau pela Costa do Marfim fizeram com que as cotações da amêndoa recuassem na sexta-feira na bolsa de Nova York. Os papéis com vencimento em maio encerraram o dia valendo US$ 3.264 por tonelada, alta de US$ 99. De acordo com a agência Dow Jones Newswires, as intenções de exportações do maior produtor de cacau do mundo, a Costa do Marfim, estiveram 37% maiores desde o início da temporada 2010/11 até a última quinta-feira, na comparação com o mesmo intervalo da safra passada. No mercado da Bahia, a arroba da amêndoa operou em leve queda, saindo de uma média de R$ 87,33 da quinta para R$ 86,66 na sexta-feira em Ilhéus e Itabuna, segundo a Central Nacional de Produtores de Cacau.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário