Safra de arroz deve superar as expectativas no Rio Grande do Sul

Publicado em 16/02/2011 07:52 298 exibições
O IRGA prevê uma média de 7,5 mil quilos por hectare nesta safra. Mas o preço pago pelo grão preocupa os agricultores do estado.
Agricultores começaram a fazer a colheita do arroz no Rio Grande do Sul. O clima ajudou e a safra deve superar as expectativas, mas o preço pago pelo grão preocupa os produtores.

Muitos produtores queriam começar a colher na semana passada, mas a chuva atrapalhou os planos. Segundo o IRGA, Instituto Rio Grandense do Arroz, os arrozeiros gaúchos plantaram 1,17 milhão de hectares de arroz. A área é 7,5% maior do que a cultivada na safra anterior. O instituto prevê uma média de produtividade de 7,5 mil quilos por hectare de arroz nesta safra. Mas os produtores da fronteira oeste do estado estão retirando até uma tonelada a mais do grão.

Os números iniciais são um alívio para os produtores. Em Uruguaiana, eles esperaram que a boa safra compense o preço baixo da saca. “Nossa perspectiva era ter um preço no início da colheita um pouco maior, na base de R$ 25 a R$ 26. Então, pegou a gente meio desprevenidos esse preço de R$ 20 esse ano”, disse o agricultor Juliano Bortoluzzi.

Se confirmada a boa produção em todo o estado, os arrozeiros irão colher quase 30% a mais este ano, chegando ao recorde de quase nove milhões de toneladas do grão. A explicação para o bom desenvolvimento da planta está no fenômeno La Niña.

“O arroz é extremamente dependente de radiação solar. Como em praticamente todas as lavouras de arroz é usada água de barragens, o resultado é muito bom”, esclareceu Gustavo Hernandes, agrônomo do IRGA.

A colheita do arroz no Rio Grande do Sul deve durar cerca de dois meses.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário