Canola substitui o trigo no Paraná

Publicado em 25/02/2011 08:22 385 exibições
A área a ser plantada com trigo deverá cair para menos da metade nesta safra de inverno, em comparação com a do ano passado, resultado do interesse do produtor pelo bom momento do milho e a possibilidade de muitos proprietários de terra optarem pela canola, uma cultura que até agora tem sido inexpressiva na região, mas poderá ganhar interesse pelo fato de uma usina de biodiesel instalada no ano passado em Marialva (PR) se dispor a comprar a produção.

"No ano passado, apenas 101 hectares da região foram destinados à canola, mas se a BSBios oferecer vantagens para o produtor, certamente muitos vão experimentar essa nova cultura, o que significa que a área de trigo cairá em proporção semelhante", diz Willian Meneghel, economista do Departamento de Economia Rural, da Secretaria de Agricultura do Paraná.

Hoje, no Parque da Uva, em Marialva, a BSBios reunirá produtores rurais da região em um evento com palestras e painéis sobre a canola para difundir a cultura. A empresa aproveita a oleaginosa na produção de biodiesel e é compradora em potencial.

A canola é a terceira oleaginosa mais produzida no mundo, superada apenas pela soja e palma. Os grãos têm elevado teor de óleo, aproximadamente 38%, o dobro que a cultura da soja.

Segundo a BSBios, a canola se constitui como uma as melhores alternativas para diversificação de culturas no inverno, destacando-se como uma boa opção econômica na geração de renda pela produção de grãos.

Segunda a coordenadora do Fomento da empresa, Josiene Carraro, a BSBios Marialva tornou-se parte ativa no incentivo à diversificação de oleaginosas, dando grande importância a produção de canola.

Tags:
Fonte:
O Diário

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário