Expectativa de safra histórica de grãos acelera colheita no Rio Grande do Sul

Publicado em 20/04/2011 08:22 245 exibições
A previsão é de uma produção de mais de 27 milhões de toneladas de grãos. O volume maior vem da soja, com 11 milhões de toneladas.
Agricultores do Rio Grande do Sul estão com pressa para tirar a safra de grãos do campo. O trabalho foi estendido em muitas propriedades, onde as máquinas não param nem durante a noite.

Na escuridão, as luzes das máquinas abrem caminho na lavoura. A pressa dos agricultores tem um motivo bem animador: a expectativa de uma safra histórica de grãos no Rio Grande do Sul, de mais de 27 milhões de toneladas. O volume maior vem da soja, com 11 milhões de toneladas previstas.

O agricultor Édio Quaini, que trabalha no campo há 30 anos, diz que nunca viu produtividade tão alta e quer aproveitar o tempo bom para ter mais lucro. “Todo o tempo que nós ganhamos de noite, vamos adiantar a colheita. O quanto antes nós fizermos ela, melhor. Nós tiramos do tempo e do risco de algum contratempo climático”, justifica.

Em época de safra a jornada de trabalho do agricultor é puxada e não se resume à lavoura. Depois de colhidos, os grãos são armazenados em um depósito. Quase não sobra tempo para as refeições. O jeito é improvisar.

A pausa para o jantar termina com a chegada dos caminhões, que saem abarrotados e abrem espaço para a colheita do dia seguinte.

O Rio Grande do Sul é o terceiro maior produtor de soja do país. Fica atrás de Mato Grosso e do Paraná.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário