Agricultores apostam no arroz safrinha como alternativa em MT

Publicado em 09/05/2011 09:02 247 exibições
A alternativa surge como nova oportunidade de negócio. Colheita do arroz safrinha, em Mato Grosso, deve começar no fim do mês.
Sérgio Marcon resolveu investir no arroz de sequeiro como alternativa de safrinha. Até o ano passado, o agricultor plantava apenas milho nesse período, mas agora, depois da colheita da soja, ele resolveu destinar 70 hectares dos 300 disponíveis na lavoura para o cultivo de arroz. Uma maneira de criar novas oportunidades de negócio. “É uma opção para rotação de cultura e o diferencial de preços entre o milho e o arroz”.

O arroz como alternativa de safrinha precisa ser de uma variedade super precoce, de 85 dias. Assim, o agricultor planta soja em outubro para colher em janeiro e na sequência já faz o plantio do arroz. Este ano o processo atrasou, mesmo assim, as chuvas dos últimos dois meses garantiram o desenvolvimento da lavoura.

A colheita do arroz safrinha, em Mato Grosso, deve começar no fim do mês. Com 60 dias, o arroz já começa a soltar os cachos. Mesmo que a chuva parasse totalmente hoje, a produção já estaria garantida, como explica o agrônomo Angelo Maronezi: “A força do sistema radicular é o poder de penetração dele no solo, mesmo em uma situação de veranico, é um material resistente à seca, 10 ou 15 dias de seca não fazem mal em termos de produtividade”.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário