A Rússia é um dos fiéis da balança mundial do trigo: veja como está o plantio no país

Publicado em 09/05/2011 10:54 638 exibições
A Rússia é um fator importante no quadro de oferta e demanda de trigo no Mundo. O seu afastamento, no ano passado, provocou a grande alta dos preços internacionais do trigo, que vigoram até o presente, gerando problemas políticos sérios no norte da África e no Oriente Médio e inflação em diversos países. A suspensão das suas exportações vigorará até o próximo mês de julho. Inicialmente os comentários do próprio governo russo eram de que deveriam continuar até dezembro e, neste caso, o quadro mundial será um; se, porém, ela tiver safra boa e o governo russo liberar exportações já em agosto ou setembro, o quadro mundial será outro, Eis por que é importante se acompanhar o desenrolar da produção russa de trigo na safra 2011/12.

O início com um recorde de lentidão no plantio de primavera na Rússia não diminuiu as perspectivas de produção de trigo neste ano, cuja expectativa é de recuperação de 20%, segundo os analistas do setor.

O plantio, iniciado no ultimo dia 28 de abril, deve levar os agricultores russos a plantar 2,65 milhões de hectares, abaixo dos 3,65 milhões plantados no ano anterior. Por enquanto 90% do plantio ainda não foi completado.

No entanto, é a cevada ao invés do trigo, que vai sentir os efeitos deste atraso, segundo Andrey Sizov Jr, diretor administrativo da SovEcon afirmou em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Na verdade, o plantio de trigo de primavera, que representa pouco mais da metade do plantio total de grãos na Rússia, parece bater as expectativas do governo.

Ainda há tempo para o trigo
“São as plantações de cevada que estão fora do prazo”, acrescentou o Sr. Sizov. “O trigo não é tão precoce como a cevada e os agricultores ainda tem tempo suficiente para plantar”, completou.
Nas regiões orientais da Rússia, uma das principais áreas produtoras de trigo de primavera, a campanha do plantio aconteceu um pouco mais cedo do que o habitual.

A estimativa do SovEcon para o plantio de trigo de primavera no país é de 14,2m-15,7 milhões de hectares para a safra 2011/12, contra os 13,9 milhões plantados em 2010/11 e a estimativa oficial de 14milhões de hectares.

O grupo, com sede em Moscou, fez sua primeira estimativa de produção de trigo da safra 2011/12 na Rússia colocando-a entre 48,5 e 50,8milhões de toneladas,supondo que não haja a repetição da seca que devastou as culturas no ano anterior.

Guerra de rumores
Estas previsões chegam em um momento sensível para os investidores de trigo, entre os quais há uma continuada especulação sobre um iminente retorno da Rússia às importações (não exportações), como foi noticiado no mês passado. Por outro lado, a empresa Agritel, sediada em Paris, observou que há rumores persistentes sobre as possibilidades de a Rússia voltar a exportar a partir de julho.

Na Austrália, o Commonwealth Bank of Australia afirmou que “as expectativas de uma forte recuperação na produção de grãos da Rússia em 2011” teve “um grande peso sobre o sentimento do mercado” ajudando a deprimir os preços.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

0 comentário