Poucos lotes de feijão nota 9 e 9/5 devem ser muito disputados nesta semana

Publicado em 23/05/2011 11:14 553 exibições
No feijão preto, a grande maioria dos empacotadores mantém a estratégia de comprar o mínimo necessário

Na última sexta-feira, em contato com as fontes, percebia-se o fenômeno clássico que ocorre em qualquer mercado que sofre valorização, ou seja, os produtores não estavam dispostos a vender. Aguardavam a abertura da comercialização desta segunda-feira. E acertaram: das 22,5 mil sacas ofertadas para o que havia de feijão de melhor qualidade, cerca de 5 mil foram vendidas por R$ 125,00. Já os comerciais foram vendidos entre R$ 105,00 e R$ 115,00.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

As sobras foram de feijões comerciais que totalizaram cerca de 10 mil sacas. Como conseqüência, pode-se esperar que, esta semana no campo, os poucos lotes de feijão nota 9 9/5 serão muito disputados, provavelmente acima de R$ 110,00 R$ 115,00.

A grande maioria dos empacotadores vem mantendo a estratégia de comprar o mínimo necessário de feijão preto. Eles evitam a formação de estoques, uma vez que todos percebem que o abastecimento está tranqüilo neste momento. A referência de preço se mantém em R$ 85,00 São Paulo, mas já foram reportados negócios até por R$ 83,00. No FOB fazenda no interior do Paraná, as referências estão ao redor de R$ 70,00.

Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário