Cacau: Aumento da produção na Costa do Marfim pressiona preços em NY nesta segunda-feira

Publicado em 24/05/2011 08:08 356 exibições
As perspectivas de aumento da produção de cacau na Costa do Marfim, o maior produtor mundial da amêndoa, contribuiu para a queda da commodity ontem na bolsa de Nova York. Os contratos para setembro fecharam com recuo de US$ 38 a US$ 2.882 por tonelada. De acordo com a Bloomberg, esses preços foram os menores desde janeiro deste ano e tiveram fundamento na projeção de expansão do volume produzido de cacau da Costa do Marfim feita pelo presidente do país, Alassane Ouattara. Multinacionais afirmaram que estão retomando seus embarques a partir do país, e a previsão é de que a oferta vai exceder a demanda em 200 mil toneladas neste ano-safra que começa em outubro. No mercado interno, a arroba fechou em R$ 74 em Ilhéus e Itabuna, segundo a Central Nacional de Produtores de Cacau.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário