Agricultores estão otimistas com colheita do feijão safrinha

Publicado em 25/05/2011 08:08 249 exibições
No Paraná, a colheita está em fase final. O preço do grão está um pouco melhor que o pago no início do ano.
Nos Campos Gerais, região centro-sul do estado, as máquinas já estão colhendo a safrinha de feijão.

Em todo o estado, foram plantados 170 mil hectares com feijão nesta safra, queda de 11% em relação à safra do ano anterior. Como o clima ajudou, a produtividade superou as expectativas e a previsão é de que o estado tenha aumento na produção. “A estimativa é de 90 mil toneladas no núcleo de Ponta Grossa, o que corresponde a 35% da produção do Paraná”, diz Luiz Alberto Vantroba, economista da Secretaria de Agricultura do Paraná.

Para deixar os agricultores mais contentes com a safrinha de feijão, só falta o preço subir. E o mercado já mostra uma reação. Há uma semana, o preço pago pela saca de feijão carioca na região era em torno de R$ 60 a R$ 75. Agora, o produtor está recebendo entre R$ 85 e R$ 90.

O agricultor Eduardo Medeiros ainda vai levar mais alguns dias para iniciar a colheita. Ele diz que o preço hoje é considerado bom, mas precisaria subir mais para compensar o prejuízo do começo do ano. “Na primeira safra nós vendemos o feijão a R$ 45 e depois o preço foi subindo aos poucos. Na prática, agora na safrinha estamos fazendo a média e recuperando um pouco”.

Na segunda safra, o Paraná é o principal produtor nacional de feijão.
Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário