Federarroz mobiliza produtores no "Dia da Prorrogação"

Publicado em 25/05/2011 15:43 488 exibições
Entidade lidera ação estadual pela prorrogação dos financiamentos nesta quinta-feira
Em razão da continuidade da crise de comercialização vivenciada pelo  setor arrozeiro, a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul  (Federarroz), comandará nesta quinta-feira uma grande mobilização denominada  Dia da Prorrogação. Segundo o presidente da entidade, Renato Rocha, a ação é  necessária, pois apesar da atuação das entidades no estado, e em Brasília, o  adiamento dos financiamentos agrícolas, um dos quatro pleitos solicitados, não  foi atendido até o momento, assim a mobilização é uma forma da categoria estar  unida em torno de seus propósitos e objetivos. Já alertamos o governo e oficiamos os bancos públicos e privados que com os baixos preços do cereal os  produtores não terão como atender todos os compromissos, sendo necessário um  adiamento até final de outubro, para num segundo momento construirmos uma nova  securizitização, condição fundamental para dar continuidade dos produtores no  processo produtivo e com acesso ao crédito rural, alerta o  dirigente.

O movimento prevê entrega de documento com pleitos federais e estaduais  do setor nos diretórios municipais do Partido dos Trabalhadores, como forma de  alertar um dos principais partidos do governo, de que se nada for feito para  reverter a atual crise, o prejuízo será catastrófico, e não apenas no Setor  Produtivo, mas também nos municípios, no estado e do país, pois só a produção do  RS nesta safra chegará a 67% da produção nacional. Também serão entregues cartas  aos bancos com pedido de adiamento dos financiamentos agrícolas ao mesmo tempo  em todos os municípios arrozeiros. As visitas aos diretórios petistas acontecerá  as 10h desta quinta-feira e, aos bancos, às 11h. Além dos dirigentes setoriais,  estão sendo convidados a participarem os arrozeiros em geral. 

A Federarroz divulgou modelos de documentos para os produtores. A  proposta é pedir o adiamento de todos os financiamentos agrícolas com vencimento  em 2011. A entidade sugere aos produtores que estejam em dificuldades que adiram  ao movimento.

As cartas devem ser individuais, preenchidas em duas vias, com  dados pessoais e do financiamento e protocoladas nos bancos, avisa Renato Rocha.

Tags:
Fonte:
Federarroz

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário