Rússia poderá voltar à exportação limitada de trigo; no que isto ajuda o Brasil?

Publicado em 26/05/2011 08:41 426 exibições
As autoridades russas afirmaram nesta quarta-feira que “dentro de poucos dias” poderão anunciar oficialmente se voltarão ou não às exportações de trigo no país, uma vez que estas foram suspensas em agosto passado e deveriam retornar agora em julho, mas há uma decisão do governo russo de que deveriam voltar apenas em dezembro próximo. No entanto, com safras boas, apesar de uma área plantada cerca de 45% menor, “é possível que o país um volume limitado a 2-4 milhões de toneladas”, contra a exportação normal de 18-19 milhões que o país vinha embarcando antes da suspensão.

Muito bem. Se isto de fato acontecer, os clientes da Rússia do norte da África e do Oriente Médio continuarão órfãos de fornecedor e o Brasil terá novamente boas chances de voltar a exportar volumes significativos a preços competitivos, exatamente como no início deste ano, no final da safra 2010/11, quando os preços se elevaram em 15% devido à exportação. Isto se torna mais garantido à medida que o principal fornecedor de trigo brando para a África, depois da Rússia, é a França, que está com graves alarmes sobre danos nas suas colheitas de inverno depois do terceiro mês seguido de seca sobre os plantios de inverno, além dos Estados Unidos, cuja safra também está afetada pela seca.

Navios de trigo carregando na Argentina com destino ao Brasil
Neste momento estão atracados ou programados os seguintes navios nos portos argentinos, para trazer trigo ao Brasil:

trigo
Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

2 comentários

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Criem vergonha na cara os hipócritas plantadores de trigo. Com a crescente demanda por óleos vegetais para combustivel, em vez de plantar trigo cultive-se colza, canola, girassol etc... e quando faltar farinha para fazer pão comeremos cuscuz de milho, pronto! Livrem-se dos Moinhos de Trigo, principalmente daqueles do litoral que já se instalaram lá para contar com o trigo importado. Se o Governo parasse de financiar lavouras de trigo, melhoraria muito!

    0
  • Everson Edilson Casagrande Sertanópolis - PR

    Já fui plantador de trigo, em nossa região a brusone é como a chuva na colheita, quebra o produtor da noite para o dia, eta culturinha ingrata, quando não, o governo e os moinhos, é que nos induzem, com preços bons no plantio e ruins na colheita, desejo boa sorte para os corajosos triticultores.

    Para os agricultores mais tranquilos, deixem o governo importar que si F...

    vá para o nordeste aproveitar as praias com a família.

    0