Triticultores argentinos já semearam 550 mil hectares e previsão é de corte de 13,5%

Publicado em 30/05/2011 11:19 394 exibições
Informe da Bolsa de Cereais de Buenos Aires, indica que os triticultores argentinos já semearam cerca de 11% da intenção de plantio de 4,95 milhões de hectares da safra 2011/12 de trigo no país. Em números absolutos até esta data estão plantados 550 mil hectares, superando em 50 mil hectares a superfície coberta no mesmo período do ano passado.

As regiões de Salta, Rucumán, Jujuy, Catamarca, oeste de Santiago Del Estero e o centro-norte de Córdoba lideram o plantio, com o maior percentual de progresso. As províncias de Santa Fé, Entre Rios e norte e oeste de Buenos Aires se encontram como plantio atrasado devido às precipitações recebidas durante os últimos dias, que retardaram o plantio. Este novo aporte hídrico melhora a umidade nos perfis do solo sobre as zonas mencionadas. Segundo o informe, são esperadas precipitações de escassa intensidade sobre a maior parte da área agrícola para os próximos sete dias. Os ventos do norte retornaram provocando um aumento gradual nas temperaturas, ainda que os seus volumes devam manter-se abaixo do normal.

Já a Bolsa de Comércio de Rosário estima redução de 10% na área plantada

Enquanto o governo argentino estima um aumento na área plantada de trigo para a safra 2011/12, um relatório divulgado nesta sexta-feira pela Bolsa de Comércio de Rosário cita que “a intenção de plantio continua sendo inferior à da safra passada, esperando-se uma baixa de mais de 10%”.

Por sua vez o último relatório do USDA indicou que a produção de trigo argentina deverá cair de 15 milhões de toneladas, obtidas na safra 2010/11, para 13,5 milhões de toneladas da safra 2011/12.

A Argentina é o principal fornecedor de trigo ao Brasil, estimando-se uma comercialização de aproximadamente 4 a 5milhões de toneladas na próxima temporada. Assim, qualquer variação para muito mais ou muito menos na safra argentina e trigo terá repercussões sobre as origens e o custo das importações brasileiras da safra 2011/12.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

0 comentário