Características do mercado de trigo brasileiro neste momento

Publicado em 27/06/2011 11:03 443 exibições
As características do comportamento do mercado de trigo brasileiro nesta semana foram as seguintes:

a) semana curta, cortada por um leilão de trigo da Conab, fez o mercado brasileiro do cereal permanecer com preços estáveis nos últimos cinco dias;

b) estoques ao redor de um milhão de toneladas da última safra ainda não comercializados, mais algo em torno de 700 mil toneladas em mãos da Conab. Ambas estas quantidades continuam sendo utilizadas pelos moinhos como reservas estratégicas para a moagem;

 c) redução na moagem de trigo que está diminuindo o ritmo diante da retração das vendas dos produtos na ponta dos consumidores;

d) continuação do fluxo de importações com o ingresso de aproximadamente 200 mil toneladas de trigo importado, vindas principalmente da Argentina, nesta semana, conforme relatamos no final da semana passada.

e) com relação ao plantio da safra 2011/12, não houve informações oficiais novas por parte da Seab Paraná, nesta semana, mas acredita-se que o plantio tenha atingido os 90% da área prevista neste estado. No Rio Grande do Sul, o plantio atingiu 75% da área prevista. A Emater-RS informa que, apesar das chuvas registradas nos últimos dias, o plantio do trigo 2011 avançou no Estado. Entre as regiões administrativas da Emater/RS, a de Santa Rosa, que compreende as Missões e Fronteira Noroeste, é a que se encontra mais adiantada, atingindo um percentual de 90% de área semeada, sobre um total projetado de cerca de 204 mil hectares. A região de Ijuí, que compreende o Alto Jacuí e Noroeste Colonial, alcança 80% sobre um total projetado de pouco mais de 210 mil hectares. Considerando o Estado como um todo, o último acompanhamento indica 75% de área semeada até esta semana, colocando a atual safra dois pontos percentuais à frente da média dos últimos cinco anos. As lavouras, de maneira geral, apresentam bom aspecto, beneficiadas pelo clima registrado até aqui. Segundo os técnicos da Emater/RS-Ascar, o nível tecnológico empregado este ano é considerado bom, o que gera expectativa de boa produtividade para as lavouras. As mais adiantadas já se encontram em fase de perfilhamento e os produtores aproveitam a umidade pós-chuva para aplicar uréia em cobertura.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

0 comentário