Mandioca: Cotações da extra se valorizam no Ceasa de Minas Gerais

Publicado em 17/12/2018 15:42
84 exibições

LOGO nalogo

As referências para a mandioca extra no Ceasa de Minas Gerais tiveram uma valorização de 38,67% se comparado com os preços da última sexta-feira (14), tendo em vista que os preços médios estão em torno de R$ 1,04/Kg.

No Ceasa de Campinas, as cotações para a mandioca especial permaneceram na estabilidade e está cotada a R$ 0,50/kg e a extra está próxima de R$ 1,10/kg. No Ceagesp, a média de preço a mandioca miúda também permaneceram estáveis e está por volta de  R$ 0,91/Kg e a graúda gira em torno de R$ 1,49/Kg.

São Paulo

De acordo com um levantamento do Instituto de Economia Aplicada (IEA), as referências da mandioca para a mesa na região de Mogi Mirim/SP permaneceram estáveis comparado as cotações de sexta-feira, sendo que a caixa de 23 kg está cotada a R$ 22,93 e em Sorocaba o preço médio é de R$ 10,31/ Cx 23 kg. Já os preços para a indústria ou a tonelada estão sem referências nas principais cidades do estão de São Paulo.

Conforme reportou o Cepea nesta segunda-feira (17), o ritmo de colheita da mandioca foi reduzido devido a baixa disponibilidade de raízes de segundo ciclo e as condições climáticas. Com isso, a tendência é que os preços da cultura continuem caindo.  

Leia mais:

>> Mandioca: Moagem diminuiu e cotações seguem em queda

Conab

Segundo os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), as referências para a fécula no atacado no estado do Goiás tiveram uma valorização de 2,86% se comparado com as informações levantadas no período anterior, na qual a cotação está próxima de R$ 108,00/25kg. No estado do Paraná, as cotações recuaram em torno de 2,13% e a fécula é negociada em torno de R$ 57,50/25kg.

Os preços da raiz ao produtor tiveram uma valorização de 5,40% no estado da Bahia, sendo que o valor da tonelada está cotado a R$ 305,66. Já no Maranhão, o recuo nas cotações foi de 2,42% tonelada foi comercializada próxima de R$ 439,09/Ton. 

No Paraná, as referências recuaram por volta de 2,66% e raiz foi negociada em torno de R$ 363,69/ton. No estado de São Paulo, as cotações também se desvalorizaram por volta de 1,16% se comparada aos preços da semana anterior e a tonelada está próxima de R$ 339,06.

» Clique e veja as cotações completas da mandioca

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário