Tomate: Qualidade dita preços no País

Publicado em 25/02/2019 11:50
39 exibições

Nesta semana (18 a 22/02), o tomate salada longa vida se valorizou nos principais atacados brasileiros. Campinas (SP) apresentou o maior aumento, de 20,43% frente à semana passada, negociado à média de R$ 62,22/cx de 20 kg, seguido pelo mercado carioca, com alta de 8,18% no mesmo comparativo, a R$ 57,95/cx. Neste segundo atacado, os produtos recebidos foram perdendo qualidade no decorrer da semana, de acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea. Isso porque a maioria é proveniente do Espírito Santo e de Minas Gerais, locais onde as chuvas têm elevado o percentual de frutos manchados. Em Belo Horizonte (MG), a alta foi de 7,44% e os tomates foram comercializados a R$ 55,29/cx, em média. Nesta central, também foram ofertados produtos com problemas de manchas, queimados e com danos causados pela traça. Muitos atacadistas mineiros recebem mercadorias de regiões como Carmópolis, Carandaí, Iapu, assim como do Espírito Santo. Por fim, na Ceagesp, a média de comercialização foi de R$ 61,71/cx (+6,10%), com valores variando de R$ 50,00 a R$ 80,00/cx. A realidade em todos os atacados, porém, é a mesma: há oferta de produtos com qualidade boa, média e ruim, algo já esperado para a temporada de verão.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário