Manga: Manga verde? Não, obrigado!

Publicado em 05/04/2019 15:48
57 exibições

As cotações de tommy recuaram por mais uma semana, sobretudo em função da baixa qualidade das frutas que chegam às prateleiras. Até as primeiras semanas de março, a região de Petrolina/Juazeiro (PE/BA) era a única ofertante da variedade, logo, com baixa disponibilidade, a fruta se valorizou naquele período.

Ao alcançar preços extremamente atrativos, muitos produtores da tommy do Vale do São Francisco (PE/BA) e Livramento de Nossa Senhora (BA) resolveram antecipar a colheita para aproveitar o bom momento do mercado. À médio prazo, a decisão não foi positiva: desde a última semana de março os preços estão caindo, dia após dia, refletindo a estagnação e baixa liquidez das mangas verdes no mercado.

Na terceira semana de março (18 a 22/03), por exemplo, o preço médio da tommy no Vale era de R$ 2,56/kg; na semana passada (25 a 29/03) R$ 1,98/kg e, nesta semana, (1º a 05/04) R$ 1,44/kg, representando 44% de desvalorização acumulada. Para reverter esta situação, agentes de todos os níveis de mercado devem caminhar juntos neste momento: produtor não comercializando frutos verdes; atacado e varejo não liquidando manga sem maturação ideal e consumidor recuperando a confiança na compra da fruta.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário