Tomate está mais barato em maio depois de custar mais de R$ 6 em atacadistas

Publicado em 21/05/2019 15:50 e atualizado em 23/05/2019 16:30
47 exibições

LOGO nalogo

O preço do tomate começa a ficar mais barato ao consumidor final. Depois de picos de alta entre os meses de fevereiro e abril, quando chegou a custar mais de R$ 6 o quilo em atacadistas pelo país, quedas começam a ser verificadas.

Matéria-prima de diversos pratos do brasileiro, os valores médios do fruto fecharam abril entre R$ 3,13/kg no CEASAMINAS - Belo Horizonte e R$ 5,60/kg, no CEAGESP - São Paulo. Mesmo com a queda, em São Paulo, o tomate está 70% mais caro que no ano passado.

"A redução pôde ser observada nas primeiras semanas de maio e reflete a entrada da safra de inverno no atacado", destaca a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), que trouxe os dados em seu 5º Boletim Prohort.

Em outras praças, os preços do tomate também apresentaram queda. A capital goiana tem o terceiro maior preço registrado, com R$ 4,55/kg, perdendo apenas para a Central do Distrito Federal, onde a comercialização chega a R$ 4,93/kg e de São Paulo.

Nesta terça-feira (21), segundo levantamento feito pelo Notícias Agrícolas, no Ceasa Campinas/SP, o quilo do tomate estava em R$ 3,00. Como estes são valores de referência e no atacado, ao consumidor eles acabam sendo mais altos.

"Outra hortaliça que está pesando para o consumidor atacadista é a cebola, que apresenta aumento desde outubro do ano passado. O motivo é a pouca oferta do produto no mercado, influenciada pela queda de preços entre maio e setembro de 2018", destaca a Conab.

O levantamento de preços médios é feito mensalmente pelo Prohort da Conab com informações de mercados atacadistas do país, nos estados de SP, MG, RJ, ES, PR, GO, PE e CE.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário