Uva: Demanda é baixa no mercado doméstico

Publicado em 01/05/2020 09:40 35 exibições

Nas centrais atacadistas, a demanda pela uva continua em baixa. Nesta semana (27 a 30/04), as comercializações oscilaram dia a dia, de acordo com as compras feitas principalmente pelos supermercadistas. A itália ficou em média por R$ 6,70/kg na Ceasa de Campinas (SP) e por R$ 6,78/kg na Ceagesp, em São Paulo, queda de 2,9% e 3,1%, respectivamente.

Nas roças, produtores que não dependem exclusivamente da comercialização com as Ceasas conseguiram melhor escoamento; a demanda, principalmente no interior de São Paulo – locais em que a quarentena está sendo aplicada de forma mais leve –, se mostrou melhor do que em grandes centros. Em Louveira/Indaiatuba (SP), com a safrinha apenas começando, a uva niagara fechou em R$ 3,60/kg, 0,5% menor que a semana anterior. Já em Marialva (PR), que também está no início da temporada, as vendas continuam boas; a demanda pelas uvas do grupo itália tem sido alta, visto que a oferta do Vale para mercado interno está moderada. A uva benitaka foi comercializada à média de R$ 4,17/kg nesta semana, queda de 1,4%.

Em São Miguel Arcanjo (SP), o cenário é diferente: a oferta da uva rústica é baixa, já que viticultores estão chegando ao fim da colheita; porém, a qualidade das uvas continua impactada pelo míldio, impactando negativamente nos preços. A niagara da região teve média de R$ 3,00/kg, queda de 5,3%. Com a previsão de elevação da oferta nas outras regiões produtoras, produtores de São Miguel não esperam melhoras nas próximas semanas, quando a safra deve ser finalizada.

Tags:
Fonte:
Cepea/Hortifruti

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário