Tocantins é incluído no zoneamento para plantio da mandioca

Publicado em 10/03/2010 10:43 939 exibições
Os agricultores do Tocantins, que investem na cultura da mandioca, podem seguir o zoneamento agrícola de risco climático da safra 2010. Os períodos mais favoráveis e os municípios aptos ao plantio constam nas Portarias Nº 57, incluindo o Tocantins e mais 11 estados da federação. O MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou no último dia, 4, as normas do zoneamento.

A mandioca se adapta as mais variadas condições de clima e solo, especialmente em regiões quentes e úmidas. Temperaturas abaixo de 15º C retardam e podem paralisar o crescimento da planta. Para elaborar o zoneamento, foram analisadas as séries históricas de 15 anos de dados diários de chuva e de temperatura. Considerou-se, também, a disponibilidade máxima de água no solo, no período do plantio e nos quatro meses imediatamente posteriores.

A mandioca se constitui num dos alimentos mais ricos em carboidratos e desempenha papel importante na alimentação humana e animal. Além de alimento, também é fonte de renda para pequenos agricultores nos assentamentos das regiões Norte e Nordeste. De acordo com dados do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Tocantins produz cerca de 300 mil toneladas de mandioca por ano, com plantio nos 139 municípios do Estado.

Segundo o responsável pelo setor de mandioca da Seagro, José Vieira Jucá, a cultura é uma alternativa em geração de emprego e renda, principalmente para os agricultores familiares. “Essa é uma atividade agrícola que pode ser mais explorada, pois existe uma demanda muito grande pelos produtos derivados da mandioca”, disse. Jucá ainda acrescentou que o zoneamento define as condições favoráveis para o plantio da raiz, além de possibilitar o acesso às linhas de créditos rurais e benefícios de seguros agrícolas.

Além do Tocantins, estão também no zoneamento, o Piauí, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Acre, Minas Gerais e Rondônia.
Incentivos - A Seagro – Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento incentiva o plantio da mandioca, ao longo de 2010, com ações de desenvolvimento nos setores da pesquisa e unidades demonstrativas. Essas ações com tecnologias e práticas preconizadas, visam à melhoria da produtividade da raiz.

Distribuição - Como forma de incentivar essa cultura no Tocantins, na quarta-feira, 17, os técnicos da Seagro estarão distribuindo ramas de mandioca. A distribuição acontece na Secretaria de Agricultura. A ramas são produzidas na unidade de demonstrativa de agricultura orgânica do Centro Agrotecnológico de Palmas.
Tags:
Fonte:
Gov. do Tocantins

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário