Produtores de mandioca do Paraná colhem uma boa safra

Publicado em 25/05/2011 08:09 342 exibições
A safra este ano vai ser maior em relação ao ano passado. O preço, apesar de ter recuado, ainda garante boa rentabilidade.
As indústrias que produzem fécula trabalham no limite da capacidade. Uma unidade em Nova Esperança, noroeste do Paraná, recebe 300 toneladas de mandioca por dia. O ritmo da colheita está acelerado em algumas lavouras.

A previsão é que saiam da lavouras paranaenses mais de quatro milhões de toneladas de mandioca, 14% a mais do que na safra passada.

O crescimento aconteceu por conta do aumento da área cultivada da raiz o ano passado. Os bons preços estimularam os agricultores e o espaço ocupado pela mandioca cresceu 17% nesta safra. O clima ajudou e já tem gente terminando a colheita.

O Paraná é o segundo produtor de mandioca do país, só perde para o Pará. Com o aumento da oferta, o preço da raiz caiu. Atualmente, os produtores estão recebendo R$ 220 em média pela tonelada, queda de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, os agricultores estão satisfeitos.
Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário